Um brasileiro morre no trânsito a cada 12 minutos

O Brasil é o quarto país com maior número de acidentes de trânsito no mundo. A violência nas pistas atinge mais de meio milhão de vítimas anualmente. A cada minuto, pelo menos uma pessoa fica inválida e, a cada 12 minutos, uma pessoa morre. É o que aponta o Observatório Nacional de Segurança Viária, no âmbito da campanha Maio Amarelo, que busca conscientizar sobre os perigos na estrada e, em 2022, tem como tema “Juntos Salvamos Vidas”.

Os números relativos à violência no trânsito são superlativos. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 90% de todos os acidentes de trânsito acontecem por imperícia, imprudência e negligência. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o governo brasileiro gasta quase R$ 60 bilhões por ano com essas situações.

Nesse cenário trágico, a iniciativa Maio Amarelo visa conscientizar não só os condutores de veículos, mas também incluir pedestres na missão de preservar vidas. Por meio de ações educativas em redes sociais e de educação no trânsito, órgãos como a Polícia Rodoviária Federal (PRF) esperam conseguir alertar a população para a importância de ser cauteloso na direção.

Em 2021, houve 20.053 mortes no trânsito no país, e 878.208 acidentes, conforme revela o Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (Renaest). Apesar da estatística preocupante, é possível observar um recuo em relação aos levantamentos do ano de início da pandemia, quando foram 24.924 óbitos e 875.656 incidentes.

O balanço do Carnaval 2022 divulgado pela Polícia Rodoviária Federal em março, também apontou que o número de mortes por acidentes em rodovias federais no período da folia foi 18% maior do que o registrado em 2021.

Se não foi possível diminuir o número de óbitos, a fiscalização conseguiu combater uma combinação perigosa: álcool e direção. No Distrito Federal, entre janeiro e agosto do ano passado, a quantidade de condutores alcoolizados aumentou. Dados do Departamento de Trânsito (Detran/DF) indicam que 16.419 motoristas foram flagrados cometendo a infração — alta de 37,5%, na comparação com 2020, quando o total somou 11.943.

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/brasil/2022/05/5004950-maio-amarelo-um-brasileiro-morre-no-transito-a-cada-12-minutos.html

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.